Fiat oficializa R$ 3 bilhões para nova fábrica em Pernambuco

Publicado por: Fábio Fernandes



A Fiat anunciou oficialmente que irá investir R$ 3 bilhões em uma
nova fábrica no Estado de Pernambuco, no Complexo Industrial e Portuário
de Suape, em Pernambuco. Esta quantia vem dos R$ 10 bilhões que a Fiat
irá investir no Brasil entre 2011 e 2014. Os outros R$ 7 bilhões serão
destinados a Minas Gerais, para a ampliação da fábrica de Betim e para o
desenvolvimento de novos modelos.



A nova fábrica será instalada em um pólo industrial que se formará em
área de 4,4 milhões de metros quadrados, no Complexo de Suape, onde
também estarão instalados fornecedores de componentes e sistemas. Quando
pronta, esta nova planta, a 3° da Fiat no Brasil, terá capacidade para
produzir cerca de 200 mil unidades por ano.





De lá sairá um novo compacto que substituirá o veterano Mille após
sua aída de linha, em 2013. Este compacto é chamado na Fiat de City Car,
e equipado com o motor 0.9 TwinAir que acaba de ser lançado na Europa. A
instalação da fábrica em Pernambuco é estratégica para a exportação do
modelo, não só para a América Latina, como também para a Europa.



"O projeto que será realizado em Pernambuco representa um passo
muito importante dentro da estratégia de reforço internacional da Fiat. O
Brasil, onde até 2014 pretendemos atingir uma volume de vendas de mais
de um milhão de veículos por ano, é uma região estratégica para a nossa
expansão. Nosso Grupo objetiva também contribuir para o desenvolvimento
econômico, tecnológico e industrial do Brasil, no qual estamos presentes
com a fabricação de automóveis há quase 40 anos"



Sergio Marchionne, CEO do Grupo Fiat



"Com esta nova operação a Fiat reafirma sua confiança no Brasil,
ao realizar no País seu maior ciclo de investimento, de R$ 10 bilhões.
Estamos conscientes da importância de contribuir para o desenvolvimento
regional de Pernambuco e do Nordeste, instalando esta fábrica que será o
eixo de um novo pólo industrial. A Fiat tem uma história de pioneirismo
e de sucesso em Minas Gerais, onde há décadas contribui para o
desenvolvimento industrial, econômico e social"



Cledorvino Belini, presidente da Fiat Automóveis