Qual caminho a mídia percorre para atrair consumidores e telespectadores

Publicado por: Shirley Lima


É notável o crescimento de canais que são disponibilizados para o entretenimento de telespectadores e consequentemente de consumidores,já que estes canais televisivos são o alicerce para que grandes marcas se utilizem deles para serem divulgadas e aprovadas pelas pessoas que assistem determinada programação,já que as campanhas publicitárias muitas vezes dispõem de um tempo curto na mídia e precisam ser além de criativas,objetivas em divulgar o produto da marca que o consumidor  vai adquirir dependendo do atrativo que o comercial trouxer.Este é sem dúvida o primeiro contato que o cliente terá antes de seguir até o ponto de venda.Mas,atualmente as empresas investem quantias exorbitantes para promover um produto,inclusive quando decidem colocar à frente de determinado  selo,digamos assim alguma celebridade,aí este comercial fica com um valor muito mais alto e o apelo do teaser em veículos de comunicação escrito fica mais elaborado.É comum a gente ouvir falar,quero usar a sandália por exemplo que a protagonista da novela está usando.Na verdade esta pessoa quer usar algo que está em evidência.Mas,será que esta é a real necessidade dela,quanto consumidora? ou apenas ela se deixou atrair pelo caminho que a mídia impôs? Não é nenhuma critica,porém é assim que aos poucos,especialistas em ora,comportamento humano vão observando quando as pessoas compram por necessitar ou simplesmente por ter sido fascinado pelo Marketing?



Aí,muitas vezes sem perceber,tornam-se consumidores compulsivos sem aceitar e também acabam acumulando produtos dispensáveis.É importante ficar atento as suas reais necessidades Pois,o percurso da mídia também estende-se por trilhos que visam audiências   surreais,chegando ao ponto de pessoas,saírem mais cedo do trabalho para acompanhar o último capítulo de uma novela.A mobilização em massa,seria mais interessante em prol de causas sociais e reivindicações.Mas,neste país em que a estrada a seguir é a tendência,muitos perdem-se em acúmulos de informações sem proveito.O entretenimento é essencial na vida de qualquer ser humano.Agora parar em função de novelas e muitas vezes esquecer de ler um livro,espandir a mente com conhecimentos variados.



Pois,a ficção atrai e quando termina,se não for uma novela que aborda um tema de cunho social,onde aborde assuntos importantes para a sociedade discutir e repensar e buscar alternativas,será apenas um amontoado de informações.



Feito amontoados de musicas que baixamos nos respectivos aparelhos eletrônicos.Músicas que são lançadas por exemplo,meses antes em determinado país,chega ao Brasil remixada e vira a música do momento.Quando na verdade já não é mais a do momento.Porque a mídia não mostra tendência,então.Muitas das vezes essas "tendências" já estão repaginadas,e aí o consumidor final,compra e baixa essas músicas novamente seguindo pelo caminho do simples Marketing das rádios que seguem o que a gravadora pede.Mas,devemos seguir o caminho que atrai a nossa real necessidade quanto consumidor.É só observar um pouco e perceber que a nossa direção não pode ser teleguiada por terceiros ou vários brothers juntos.Agora,pensando em qual caminho seguir,já que somos nós que escolhemos as nossas trilhas,lembrei-me da frase de um  especialista em Marketing,"O marketing não é uma batalha de produtos, é uma batalha de percepções." (Al Ries).


Vamos seguir nossas trilhas.